-
  • Fado - Dulce Pontes
  • Tema de Amor - John Neschling/Orquestra Sinfônica
  • Haja o que Houver - Madredeus
  • Poemas d’amor - André Sperling
  • Valsa - John Neschling/Orquestra Sinfônica
  • O Velho - John Neschling/Orquestra Sinfônica
  • Por Ti - André Sperling
  • Matinal - Madredeus
  • Tristes Dias - André Sperling
  • Prelúdio - John Neschling/Orquestra Sinfônica
  • Fado - John Neschling/Orquestra Sinfônica
  • O Pastor - Madredeus
  • Ramalhete - André Sperling
  • As Ilhas dos Açores - Madredeus
  • Tema da Infância - John Neschling/Orquestra Sinfônica

Teaser

Visão do diretor

Por Luiz Fernando Carvalho (2004, Lançamento do DVD)

Naqueles dias em que nos aproximávamos da ideia de adaptar aquele belo romance de Eça de Queirós, nos deparamos com a certeza de que se tratava de uma história que não alcançaria o número de capítulos normalmente exigidos para uma minissérie.

Em respeito e admiração por uma obra que a cada leitura nos revelava uma infindável dose de emoção e novidade estética, maria Adelaide Amaral e eu decidimos então trazer para o corpo da minissérie, personagens e ações de outro livros de Eça de Queirós (A Relíquia, A Capital…), fazendo com que compusessem assim uma espécie de trama paralela.

Decorridos pouco mais de dois anos da exibição de Os Maias na televisão, nossa proposta foi aproveitar esta oportunidade do lançamento em DVD para repensarmos alguns detalhes. Com a intenção de recuperar do romance original sua força e brilho, fizemos o caminho de volta. Graças a uma edição que foi subtraindo fala a fala, todos os personagens, diálogos e tramas que não pertenciam ao romance Os Maias (com exceção de algumas poucas cenas), alcançamos a presente edição.

Durante esta caminhada, fui acompanhado pela generosidade e o conhecimento  e por que não falar – pela paixão da professora de literatura e queirosiana Beatriz Berrini/ PUC-SP.

 

Preparação de elenco

Vídeos

Prêmios

II Festival Latino-Americano de Cine Vídeo de Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Cenografia
Fotografia
Direção de Arte

Fortuna Crítica

26, jan — 2001

Beleza

  • Luiz Fernando Verissimo
  • O Estado de S.Paulo

Os Maias não só é a melhor coisa já feita na nossa televisão como não se fez nada parecido desde que o Scorsese comandou aquela investigação arqueológica de uma era e de uma sociedade, no seu A Idade da Inocência.”

Leia Mais

11, jan — 2001

Linguagem poética que remete a outra época

  • Elena Corrêa
  • O Globo

“Ponto para a coragem de se brindar a sensibilidade que há em cada telespectador com uma história, acima de tudo, poética.”

11, jan — 2001

Os Maias tem início com capítulo irregular

  • Esther Hamburger
  • Folha de S.Paulo

“Uma primeira sequência ousada, longa e contemplativa.”

Leia Mais

28, abr — 2004

Obra-prima da TV revigorada

  • Rodrigo Fonseca
  • O Globo

Imprensa

Principais notícias

31, out — 2001

TV leva o passado a Portugal

  • Nani Rubin
  • O Globo

“A produção marca a volta do diretor Luiz Fernando Carvalho à televisão. (…) O trabalho meticuloso do diretor arranca elogios rasgados dos atores.”

1, mai — 2004

Os Maias em DVD: tal como deveria ter sido

  • Daniel Piza
  • O Estado de S.Paulo

“Uma das melhores adaptações literárias para a TV brasileira.”

9, jan — 2001

Os Maias quer dar a Eça ares de cinema

  • Cristian Klein
  • Folha de S.Paulo

“A minissérie estreia hoje com uma missão especial: oferecer biscoito fino para as massas.”

Leia Mais

25, abr — 2004

Os Maias chega em DVD sem enxertos

  • José Geraldo Couto
  • Folha de S.Paulo

“Marco da televisão brasileira.”

24, dez — 2000

Novas caras ganham espaço em Os Maias

  • Cristian Klein
  • Folha de S.Paulo

Luiz Fernando Carvalho: A imagem desses atores está muito massificada. Fiz a proposta (de mudança na caracterização) para eles como um exercício.”

Leia Mais

9, jan — 2001

Com a bênção de Eça

  • Simone Mousse
  • O Globo

“A minissérie teve cenas gravadas em Lisboa, Sintra e Coimbra. (…) O cuidado com a retratação do romance e a composição dos personagens começou meses antes das gravações, com palestras de especialistas em Eça de Queirós.”

1, out — 2001

Promessa de talento

  • Elizabete Antunes Amelia Gonzales
  • O Globo

“O nome ainda é tão desconhecido para o público quanto o belo rosto. Mas para Luiz Fernando Carvalho, Simone Spoladore é a mais perfeita tradução de Maria Monforte.”

11, fev — 2001

Uma amiga boa, fiel e sempre a favor do amor

  • Simone Mousse
  • O Globo

“Uma bela homenagem ao povo português. É assim que Eva Wilma define a minissérie Os Maias.”

 

11, jan — 2001

A mulher nua

  • Flavia Ribeiro
  • O Dia

“Sua intérprete (da cigana espanhola Encarnación) é a estreante Maria Clara Fernandes.”

25, fev — 2001

Fogosa e contraditória

  • Simone Mousse
  • O Globo

“Com 40 espetáculos em seu currículo como atriz de teatro, Maria Clara Fernandes, em seu primeiro papel na TV, não esconde a felicidade: ‘Se por um lado ela tem um passado como cortesã, por outro tem o sonho romântico de ser feliz’.”

14, jan — 2001

Exuberância no figurino

  • Simone Mousse
  • O Globo

“O figurino da minissérie, assinado por Beth Filipecki, obedece ao processo descritivo e detalhista de Eça de Queirós na apresentação de seus personagens.”

28, jan — 2001

Um mágico da palavra e amante da pátria

  • Simone Mousse
  • O Globo

Osmar Prado: “O Alencar foi um presente maravilhoso do Luiz Fernando Carvalho para mim. Tenho alguns pontos em comum com ele, como a paixão pelo trabalho, a ética e o caráter.”

4, fev — 2001

Um homem que não sabe amar

  • Simone Mousse
  • O Globo

Maria Adelaide Amaral:”A minissérie está perfeita. É uma verdadeira obra de arte.”

7, jan — 2001

Paixão proibida

  • Simone Mousse
  • O Globo

“Luiz Fernando Carvalho desembarcou em Portugal com metade do elenco para gravar as cenas da minissérie. Ao todo foram seis semanas na Europa para, segundo Luiz Fernando, dar veracidade às cenas descritas por Eça de Queirós.”

 

13, ago — 2000

Os Maias vira minissérie na televisão

  • Beth Néspoli
  • O Estado de S.Paulo

“Sob direção de Luiz Fernando Carvalho, a minissérie, adaptação de Maria Adelaide Amaral, estreia em janeiro.”

9, jan — 2001

Trilha sonora tem temas clássicos e Madredeus

  • Bernardo Araújo
  • O Globo

Madalena Prado, responsável pela pesquisa musical de Os Maias: “Luiz Fernando Carvalho passou um ano buscando os compositores e as obras certas para ambientar a história. Ele costuma se dedicar à trilha musical das novelas e minisséries como parte da própria história. É um grande dom, e ao mesmo tempo uma alegria para ele.”

12, mai — 2004

Os Maias agora com cortes e inteiro

  • Amelia Gonzales
  • O Globo

“São duas boas notícias para os queirosianos. A primeira é que eles já podem comprar o DVD da minissérie. A segunda é que o diretor Luiz Fernando Carvalho está finalizando A Relíquia como microssérie em versão apenas para DVD.”

Créditos

Os Maias a partir do romance de Eça de Queirós. Com Ana Paula Arósio, Fábio Assunção, Walmor Chagas, Selton Mello, Leonardo Vieira, Paulo Betti, Stênio Garcia, Osmar Prado, Maria Luisa Mendonça, Eliane Giardini, Jussara Freire, Otávio Augusto, Cecil Thiré, Antonio Calloni, Otávio Muller, Ewerton de Castro, Ariclê Perez, Leonardo Medeiros, Matheus Nachtergaele, Mila Moreira, Rita Elmor, Maria Clara Fernandes, Bruno Garcia, Dan Stulbach, Giselle Itié, Ilya São Paulo, Jacqueline Dalabona, Mirian Muniz, Ivan Mesquita, Helio Ary, Monica Martelli, Renata Soffredini, Fabio Fulco, Rodrigo Penna, Samir Alves, Francisca Queiroz, Gilles Gwizdek, Felipe Martins, Jandira Martini, Luís de Lima, Mariana Leoni, Marina Ballarin, Ronnie Marruda, Marcos França, Walter Breda, Thelma Reston, Ruth Brennan, Phillip Croskin, Carlos Alberto, Alisson Silveira, Adriano Leonel, Isabelle Drummond, Ana Carolina Herquet e Maria Isabel Quinhões. Apresentando Simone Spoladore. Atores Convidados Eva Wilma, Marília Pêra, Sergio Viotti e José Lewgoy. Narração Raul Cortez. Escrito por Maria Adelaide Amaral. Colaboração Vincent Villari e João Emanuel Carneiro.  Figurino Beth Filipecki. Cenografia Danilo Gomes, Ana Maria Mello e Mauricio Rohlfs. Diretor de Fotografia José Tadeu Ribeiro. Direção de Arte Mário Monteiro. Produção de Arte Yurika Yamasaki. Caracterização Marlene Moura. Diretor de Produção Ruy Mattos. Pesquisa Carmem Dulce Righetto. Pesquisa Musical Madalena Prado. Pesquisa de Gravura Fernanda Terra. Produção de elenco Leonardo Gama. Continuístas Lucia Fernanda, Virgínia Marinho e Regina Wygoda. Produção Musical André Sperling. Assistentes de Direção Gustavo Fernandez, Edgard Miranda e Íris Gomes da Costa. Direção Emílio Di Biasi e Del Rangel. Direção Geral Luiz Fernando Carvalho.